FAQ

Frequently Asked Questions

Quem é o Engenheiro Responsável pelas inspeções técnicas?


O Engenheiro Responsável pelas inspeções técnicas é o Engenheiro Mecânico. Na nossa empresa, o responsável pelas as inspeções realizadas pela nossa equipe chama-se Carlos Augusto Madalozzo. Engenheiro Mecânico e Engenheiro de Segurança do Trabalho formado pela Universidade do Vale dos Sinos, em São Leopoldo - RS, tem mais de 20 anos de experiência na área de Inspeção de Equipamentos segundo a Norma Regulamentadora 13.




Para que serve as inspeções de Vasos de Pressão?


As inspeções de Vasos de Pressão são procedimentos com objetivo analisar, avaliar e investigar a integridade do equipamento nos seus determinados serviços, a fim de detectar condições perigosas que causem acidentes de trabalho/doenças ocupacionais e danos ao meio ambiente.




Por que devo fazer a inspeção no equipamento?


A inspeção no equipamento deve ser realizada para que seja verificada a integridade do mesmo no seus determinados serviços. A falta de uma inspeção pode preceder um acidente de trabalho, uma doença ocupacional ou danos ao meio ambiente.




Como é realizada a inspeção?


A inspeção começa no levantamento de dados do equipamento e ambiente de instalação. Verifica-se informações básicas para que o planejamento de serviço seja feito. Após feito, agenda-se uma data para que seja realizada a inspeção. A avaliação da integridade, tanto externa, interna quanto dos dispositivos de segurança do equipamento (como é realizada através de exame planejados após o levantamento. A inspeção é realizada com acompanhamento de alguém responsável pela empresa.




Quem pode fazer esse tipo de serviço? O meu funcionário Técnico Mecânico pode fazer?


O Profissional Habilitado para realizar inspeções de equipamentos englobados na Norma Regulamentadora nº 13 é o profissional certificado no curso de graduação de Engenheira Mecânica. O profissional graduado a Nível Técnico pode somente realizar a manutenção do equipamento, sob acompanhamento do profissional responsável.




Posso realizar a inspeção com a máquina trabalhando?


A inspeção é planejada após o levantamento. O planejamento é feito com base nos exames necessários para verificar a integridade do equipamento, então a resposta é depende. O exame externo pode ser realizado com o equipamento em funcionamento, pois compreende no exame visual, detalhes de instalação e medições, por exemplo. O exame interno só pode ser realizado com o equipamento parado, já que os dispositivos de segurança serão avaliados, assim como a avaliação do material do equipamento. Alguns outros exames também necessitarão do equipamento parado, como por exemplo o Teste Hidrostático.




Quanto tempo é previsto para fazer uma inspeção de um Vaso de Pressão?


Existem três tipos de inspeção de Vasos de Pressão: Inspeção Inicial, Periódica e Extraordinária. A Inspeção Inicial é realizada no momento da instalação do equipamento, salvo algumas condições estabelecidas por Norma. A inspeção Periódica é realizada com base na Classificação do Vaso de Pressão. O tempo previsto para este tipo de inspeção está descrito no item 13.5.4.5 da Norma Regulamentadora nº 13, compreendido de 1 ano até no máximo 5 anos. A inspeção Extraordinária é realizada quando o equipamento for danificado ou tiver algum reparo importante, quando for alterado o local de instalação ou quando for recolocado em funcionamento após 12 meses desinstalado.




As Válvulas de Segurança devem ser calibradas no momento da inspeção?


As Válvulas de Segurança dos Vasos de Pressão já vem adequadas de fábrica. Durante a inspeção, conforme planejamento, devem ser testadas em bancada apropriada, e se for preciso caso estejam com mal funcionamento, devem ser calibradas, em função da Pressão Máxima Admissível de Trabalho do equipamento.




O que significa a sigla PMTA?


A sigla PMTA significa Pressão Máxima de Trabalho Admissível. É, segundo Norma, o maior valor de pressão a que um equipamento pode ser submetido continuamente, de acordo com o código de projeto, a resistência dos materiais utilizados, as dimensões do equipamento e seus parâmetros operacionais.




O manômetro do meu equipamento será avaliado?


Através do planejamento de Inspeção, verificaremos a necessidade de avaliação do seu manômetro analógico. O Manômetro é um dispositivo crucial para o controle da pressão interna do equipamento. A avaliação dele será feita através da Aferição em bancada apropriada, com o uso do nosso Manômetro Calibrado, em toda sua escala de trabalho, tanto em pressões menores quanto maiores que a PMTA do equipamento. Caso seu manômetro mostre resultados menores que os resultados mostrados no Manômetro Calibrado, o dispositivo necessita de regulagem, calibração ou substituição. A pressão mostrada é menor que a pressão real. Então, quando o manômetro mostrar a PMTA do equipamento, na verdade estará mostrando uma pressão interna superior a PMTA, o que pode ser prejudicial! Caso seu manômetro mostre resultados maiores que os resultados mostrados no Manômetro Calibrado, chamamos de Margem de Segurança, pois a pressão mostrada é maior que a pressão real. Ou seja, quando o manômetro mostrar a PMTA do equipamento, na verdade estará mostrando uma pressão interna inferior a PMTA.




Como vocês irão avaliar o equipamento internamente, se não tem acesso grande para a inspeção visual?


Para esses casos, caso o equipamento não possua grandes Bocas de Visita para que seja possível tirar fotografias, usamos um aparelho específico, chamado Boroscópio. É uma ferramenta composta por uma câmera na ponta de uma sonda, um sistema de controle e monitoramento que permite visualizar e gravar a imagem que a câmera está capturando.